Programa Primeira Infância no SUAS/Criança Feliz Será Lançado em Parambu Nessa Quarta Feira

cranca
A Secretaria do Trabalho e Assistência Social anunciou através da FM Novo Tempo, que o Programa CRIANÇA FELIZ será lançado oficialmente em Parambu, nessa quarta feira, 04 de Outubro de 2017, no salão da terceira idade na Praça da Juventude.
 
O Programa foi lançado em nível federal a um ano,  e tem alcançado adesão da maioria dos Estados, DF e municípios brasileiros. Dentre estes, o Ceará lançou o Programa em Junho do corrente ano e agora será lançado nesta municipalidade, beneficiando Familias com Gestantes e crianças de 0 a 6 anos de idade, assistidas pelos programas; Bolsa Família e Benefício de prestação Continuada - BPC. 
 
A responsável em supervisionar e implantar o programa em nível municipal, ( a Assistente Social Lícia Feitosa) participou do Tribuna do Povo e explicou a população como funciona o programa. Na ocasião, convidou a População para o lançamento na próxima quarta feira, a partir das 08h da manhã, na Praça da juventude, enfatizando o público alvo: famílias com gestantes, crianças de 0 a 3 anos beneficiárias do programa Bolsa Família, bem como, crianças de 0 a 6 anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada - BPC/ deficiente (valor de um salário mínimo transferido para a pessoa com deficiência - "Amparo social"). 
 
Conheça o Programa Criança Feliz
 
O Governo Federal planeja ajudar milhões de famílias com crianças de zero a seis anos, fazendo com que essas crianças tenham um desenvolvimento integral em todas as áreas de suas vidas, potencializando a construção de uma sociedade mais justa, equânime e fraterna.
 
O que é o programa Criança Feliz
 
 Proposto pela primeira dama Marcela Temer, é um programa de iniciativa do Governo Federal que em parceria com os demais níveis de governo, visa ampliar a rede de atenção a primeira Infância, possibilitando as famílias com crianças de 0 a 6 anos, instrumentos capazes de promover um melhor desenvolvimento cognitivo, emocional e psicossocial de suas crianças.
A execução do programa dar-se-á de forma intersetorial. Aqui no municipio está estruturado da seguinte maneira: comitê gestor constituído por representações da Secretaria do Trabalho e Assistência Social; Secretaria Municipal de Saúde; Secretaria Municipal de Educação; Secretaria Municipal de Cultura; Secretaria Municipal de Agricultura e Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente - COMDCA. Coordenação do programa sob a responsabilidade da senhora Nádia Karinny Mateus Tomaz e Supervisora (Assistente Social) -  Lícia Feitosa e Visitadoras (profissionais de nível médio) - Juliana Rodrigues; Larissa Fernanda; Naftali; Antônia Clarinda. Essas profissionais estarão interagindo com as famílias que farão adesão ao programa, desenvolvendo o método CDC - cuidado com o desenvolvimento da criança, método cedido pelo Unicef e Organização Mundial de Saúde (OMS). Os visitadores vão orientar os cuidados essenciais durante os primeiros anos de vida e proporcionarão vínculos entre as famílias e os serviços de assistência, saúde, educação, Cultura, segurança alimentar, e defesa de direitos. Assim se estabelece os pilares do programa: visitas domiciliares e ações intersetorias. O nosso intuito é fazer com que se concretize a promoção do desenvolvimento humano a partir do apoio e acompanhamento do desenvolvimento infantil integral facilitando o acesso da gestante, das crianças e suas famílias, as políticas e serviços públicos de que necessitem.
 
 
O Programa Criança Feliz dá dinheiro?
 
Não, esse programa não se trata de uma iniciativa de distribuição de renda, mas sim de valorização do desenvolvimento humano. busca o acompanhamento das famílias mais de perto através das visitas domiciliares com atividades adequadas e fortalecendo vínculos afetivos e familiares. Assim, será possível acompanhar e orientar melhor as famílias para que possuam um desenvolvimento humano mais acelerado.
 
Para que serve o programa Criança Feliz
 
O programa Criança Feliz serve para que crianças, principalmente das famílias mais sensíveis as vulnerabilidades, tenham um acompanhamento adequado, conseguindo se desenvolver e criar bases para uma vida próspera e feliz.
 
Por tudo isso, é importante que ele seja aplicado em todos os estados brasileiros, principalmente no Norte e nordeste do país, local no qual a mortalidade infantil é enorme e a desnutrição nessa faixa etária de 0 a 6 anos acaba sendo um grande problema de saúde pública.
 
Nesse sentido, o programa serve como amparo para as próprias famílias, que não sabem o que fazer para garantir uma educação melhor para os seus filhos e um desenvolvimento adequado.
 
Quais são os objetivos
 
O objetivo principal desse programa é conseguir promover o desenvolvimento humano a partir do apoio e acompanhamento do desenvolvimento infantil integral na primeira infância, fortalecer os vínculos e laços afetivos, orientações Gerais e desenvolvimento de atividades e estímulos adequados e promover melhor acesso aos bens e serviços publicos. Isso é possível!
 
Com esse programa, o Governo espera contribuir favoravelmente para a  reversão do quadro bastante delicado que a situação da infância Tem enfrentado no Brasil.
A Secretaria do Trabalho e Assistência Social de Parambu se coloca ao inteiro dispor para quaisquer esclarecimentos.
 
 

 

Qual serviço você procura?


icone agricultura
Agricultura


icone assistencia
Assistência Social


icone cultura
Cultura

icone educacao
Educação

icone esportes
Esportes

icone financas
Finanças

icone infraestrutura
Infraestrutura

icone planejamento
Planejamento

icone meioambiente
Meio Ambiente

icone saúde
Saúde

icone segurança
Segurança

icone transporte
Transporte

 

 

ENDEREÇO E CONTATOS

Rua Juscelino Kubitschek, nº 85
Centro - Parambu - Ceará
(88) 3448-1780
logo rodape

PREFEITURA NAS REDES SOCIAIS 

facebook twitter